DELIVERY À PARTIR DE R$ 3,00 | SOMENTE PARA TAUBATÉ

Qualidade de Vida: Como está a sua?

Qualidade de Vida: Como está a sua?

A palavra “qualidade” tem um conceito subjetivo que está relacionado com as percepções, necessidades e resultados de cada indivíduo. Diversos fatores, necessidades e expectativas, além de comportamentos culturais que levam a criação de modelos mentais, nos influenciam em nosso modelo padrão. Levando em conta apenas necessidades pessoais, como você classifica sua qualidade de vida? Está com a saúde e o bem estar caminhando juntos ou esta sacrificando uma para que possa ter a outra?

Para pensarmos como um todo, devemos também entender que ter uma vida com qualidade envolve tanto uma boa alimentação quanto a prática de exercícios físicos. E, quando os dois caminham juntos, é saúde na certa! Só nesta combinação, você já avançou muito e terá muita mais disposição para o tão sonhado lazer!

Você tem conseguido inserir em sua rotina diária esses hábitos? Pensar na sua alimentação, optar por comida de verdade, preparada com consciência? Tem conseguido reservar um horário para a prática de um exercício que além de saúde, te dê prazer?

Por mais que o desejo de ter uma vida saudável seja grande, pouco se faz para ter de fato saúde e bem estar. As justificativas são diversas, como falta de tempo, maior praticidade em consumir produtos industrializados, não gostar de treinar, entre outros.

Não é preciso deixar de comer tudo o que gosta para ter saúde e um corpo saudável e sarado. É normal sentir vontade por doces, basta ingerir um de melhor qualidade e ter moderação. “Sou contra a restrição alimentar, pois acho que a longo prazo não funciona.”

Mas como equilibrar a alimentação saudável e atividade física no seu dia a dia? Com a mudança de estilo de vida e a troca de velhos hábitos por outros muito melhores, os resultados são nítidos e se veem rapidamente. Temos que aprender a comer bem e ter prazer nisso. Alimentação saudável e com sabor é o segredo para o sucesso!

E exercício também não é sinônimo de começar com suplementação pois, na maioria dos casos, a alimentação por si só pode dar conta de oferecer tudo aquilo que o corpo precisa após um treinamento físico, ainda mais quando se está iniciando alguma atividade. Os suplementos devem ser um adicional em alguns casos, mas não em todos.

Por isso, lembre-se: comida é o mais importante, pois ela supre e fornece mais vitaminas e minerais do que os próprios suplementos.

O que realmente faz a diferença no resultado é a constância tanto nos treinos como na alimentação. Não adianta treinar pesado e sair da academia para comer “porcaria”. Da mesma forma que não adianta comer super bem e depois não treinar. Para alcançar o objetivo estético, é preciso dedicação.

A alimentação deve ser equilibrada em proteínas, gorduras, carboidratos e micronutrientes, dessa forma podemos excluir o suplemento e obter ótimos resultados.

O suplemento por sua vez, pode ser essencial, principalmente para atletas e para quem treina a algum tempo e visa performance e alto rendimento.

Procure sempre um nutricionista para que ele te auxilie a alcançar a sua qualidade de vida.

Drª Marcela Gama de Freitas
Nutricionista
CRN3: 25674 SP

Alex Miranda

Acredita que é possível mudar o mundo pelo empreendedorismo com integridade e responsabilidade, CEO do Guia Taubaté, coach de negócios, idealizador dos projetos Abink Escola de Negócios e GetVale Marketing de Resultado, empreendedor desde 1999, sempre na área de marketing e internet com experiência em resultados mensuráveis.
Fechar menu
×
×

Cart